BARATAS

baratas-2-1024x500.jpeg

Uma das pragas que causa maior repulsa nos seres humanos é a barata. Existem mais de 4.000 espécies e apenas 1% são consideradas pragas urbanas.

As baratas consideradas pragas são conhecidas transmissoras de doenças. Diversas enfermidades podem estar associadas à presença delas nos mais diversos ambientes.

Em áreas urbanas são encontradas principalmente 2 espécies:

Blattella germanica, conhecida como barata francesinha ou alemãzinha.

Espécie medindo de 2 a 15mm, com o ciclo reprodutivo rápido. É comumente encontradas em cozinhas e em outros ambientes que possam oferecer abrigos como frestas e fendas.

Possuem coloração caramelo, vivem em média 130 dias, depositando aproximadamente 250 ovos durante sua vida adulta.

Carregam em seus corpos bactérias e outros Micro-organismos que podem causar infecções e alergias.

Consomem alimentos de origem animal e vegetal e são muito atraídas por gordura. Por possuírem corpo achatado tem preferência por se abrigarem em frestas e fendas onde se mantém aglomeradas.

Possuem odor característico, perceptível em grandes infestações.

São insetos com comportamento noturno, e se utilizam deste período para buscar alimento e se reproduzirem. Ao perceber presença frequente de baratas durante o dia, pode ser sinal de alta infestação.


Periplaneta americana, conhecida como barata de esgoto ou voadora.

As baratas apresentam metamorfose incompleta e se reproduzem de maneira rápida. Dependendo da espécie, atinge em até 60 dias a fase adulta. As fêmeas depositam ovos dentro de ootecas, contendo dezenas de ovos cada.
 

d5c30b6e2d2a275a1742e5f3b8d2f0ee.jpeg
fatality_desinsetizadora_dedetizadora_do