MORCEGOS:

O Morcego é  o único mamífero capaz de voar. Os animais ficam de cabeça para baixo para facilitar seu vôo, além disso, nessa posição eles possuem mais equilíbrio.

 

Os Morcegos são considerados pragas quando habitam perímetros urbanos, pois transmitem doenças para os seres humanos, como raiva. Além disso,  fungos que causam gravíssimos problemas respiratórios podem desenvolver-se em seus excrementos.

1) Família Phyllostomidae
É a maior família dos morcegos neotropicais, contendo 92 espécies catalogadas no Brasil. Possui a maior diversidade em relação a abrigos e hábitos alimentares. Os morcegos desta família possuem uma estrutura membranosa na extremidade do focinho, que é chamada de folha nasal.

São um dos principais agentes de polinização e reflorestamento. A família de morcegos alimenta-se de flores, insetos, folhas, frutos, alguns animais e sangue.

Confira abaixo as principais espécies:

1.1) Artibeus lituratus
A forma de identificar este animal é reconhecendo as suas 4 listras na face. Ele se alimenta de frutos, pólen, néctar, flores, folhas e insetos. Suas asas podem alcançar até 50 cm de envergadura, assustando ainda mais seus observadores. Dão voos rasantes e andam em pequenos grupos. Abrigam-se nas árvores.

1.2) Platyrrhinus lineatus
Possui comportamento similar ao da espécie Artibeus lituratus. Possui cerca de 30 cm e dá vôos rasantes sobre o seu alimento. Além das 4 listras na face, possui outra ao longo do dorso.

1.3) Glossophaga soricina
A espécie deste morcego possui pequeno porte, cerca de 18 cm, possui focinho alongado e língua comprida. Nutre-se de flores, frutos e insetos. Ele é encontrado perto de varandas que possuem bebedouro de beija-flor. Por esse hábito, ele acaba acidentalmente entrando em residências.

1.4) Desmodus rotundus
Essa espécie é conhecida como morcego vampiro comum. Possui cerca de 35 cm, considerado um porte médio. É a única que se alimenta de sangue de mamíferos. Pode ser encontrada em matas, cavernas, bueiros e casas abandonadas.

2) Família Molossidae
Os morcegos da família se caracterizam por ter uma cauda espessa e livre. Alimentam-se exclusivamente de insetos e possuem 29 espécies catalogadas. As asas são longas e estreitas, o que permite voo rápido e manobrável.

2.1) Molossus molossus
Possui cor negra e 22 cm de envergadura, sendo considerado um morcego de pequeno porte. Abriga-se em pontos altos das edificações, geralmente em vãos e forros. Alimentam-se de insetos.

2.2) Tadarida brasiliensis
É outra espécie de morcego que possui pequeno porte (21 cm de envergadura). Possui dobras no lábio superior. Abrigam-se em locais mais altos. Alimentam-se de insetos.

3) Família Vespertilionidae

Os membros da família Vespertilionidae habitam centros urbanos, nutrem-se de insetos e possuem 28 espécies catalogadas. A cauda destes morcegos fica inteiramente contida na membrana entre as pernas. Abrigam-se nos forros das residências e podem formar colônias de até 50 indivíduos.

unnamed%20(19)_edited.jpg
30124704456025_edited.jpg
jndkd_edited.jpg